Pós EAD Psiquiatria da Infância e Adolescência

Copiar link Share on Facebook Tweet about this on Twitter Share on Google+ Share on Whatsapp
PÓS-GRADUAÇÃO RECONHECIDA PELO MEC

Obs.: A pós-graduação em Psiquiatria da Infância e Adolescência é 100% EAD.

Como o conteúdo desse curso é distribuído?
18 módulos em 12 meses
18 módulos cuidadosamente pré-gravados em estúdio, por professores renomados. Esses módulos são liberados de 3 em 3 semanas, integralizando o curso em 12 meses.
Aulas às terças e quintas (ao vivo)
- Às terças e quintas, de 19h às 20h30 (horário de Brasília) ocorrem aulas com discussão de casos, além de conteúdos atuais e práticos. Obs.: essas aulas ficam gravadas no Portal do Aluno e podem ser assistidas em outro momento.
Avaliações
- Suas notas serão obtidas mediante avaliações (100% online) ao final de cada módulo assistido.
Resta alguma dúvida? Pergunte-nos pelo whatsapp 0800-945-2500.
 
 

Investimento

R$
990
15x
Ganhe
10%
de desconto*
*pagamento total curso à vista.

Mais detalhes sobre a nossa Pós-Graduação EAD:

  • Por que fazer essa Pós de Psiquiatria da Infância e Adolescência EAD?

    Entre outras coisas, nosso curso de pós-graduação em Psiquiatria em Psiquiatria da Infância e Adolescência EAD, reconhecido pelo MEC, pode lhe proporcionar:

    - educação médica continuada de qualidade através de aulas ministradas por renomados professores, das melhores universidades;
    - aprendizado sólido para identificação e tratamento dos transtornos mentais mais prevalentes entre crianças e adolescentes;
    - discussão de casos clínicos reais, trazidos tanto por professores quanto por alunos;
    - prática profissional mais eficaz e segura, seja em clínicas/hospitais, CAPSi etc.
    - preparação para prova de área de atuação em Psiquiatria da Infância e Adolescência, nos termos dos editais confeccionados pela ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria);
    - preparação para concursos públicos relacionados à Psiquiatria da Infância e Adolescência, nos termos dos respectivos editais;
    - progressão de cargos e vencimentos em serviços públicos e privados;
    - troca de experiências com médicos de várias regiões do país;
    - aprendizado sobre questões necessárias e pouco exploradas nas escolas médicas, tais como: "como começar atuar na área", "como montar a própria clínica", planejamento financeiro, gerenciamento de redes sociais etc.;
    - obediência ao Código de Ética Médica quando determina "Compete ao médico aprimorar continuamente seus conhecimentos e usar o melhor do progresso científico em benefício do paciente e da sociedade" (página 15).

    Obs.: não há necessidade de realizar o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), conforme possibilidade dada pela Resolução MEC/CNE/CES n. 01/2018.
  • Disciplinas

    • - Introdução à Psiquiatria da Infância e Adolescência / Primeira, segunda, terceira infância e adolescência
    • - Psicopatologia e neurodesenvolvimento na infância e adolescência
    • - Deficiência Intelectual e Transtornos da Comunicação
    • - Transtorno do Espectro Autista
    • - TDAH, Transtornos de Aprendizagem e Transtornos Motores
    • - Personalidade em desenvolvimento e Transtornos do Comportamento
    • - Dependência química e delinquência na infância e adolescência
    • - Transtornos ansiosos, relacionados a traumas, estressores e de eliminação
    • - Transtornos alimentares e transtornos do espectro compulsivo
    • - Transtornos do humor e transtornos psicóticos
    • - Novas tecnologias, exposição à telas e dependência de internet em crianças e adolescentes
    • - Sexualidade e suas disfunções na infância e adolescência
    • - Abuso e maus tratos na infância e adolescência
    • - Neuropsicologia infantil para o Psiquiatra da Infância e Adolescência
    • - Emergências em Psiquiatria da Infância e a Adolescência
    • - Psicofarmacologia na infância e adolescência
    • - Casos clínicos analisados
    • - Avaliações de provas em psiquiatria da infância e adolescência
    • Obs.:
    • (I) A ordem e os títulos das disciplinas estão sujeitos a alterações;
    • (II) Não há mais a exigência do TCC para turmas com início após 21/09/2018, conforme possibilidade prevista pela Resolução MEC/CNE/CES n. 01/2018.
  • Professores

  • Datas das aulas

    01/07/2024: Liberação de módulo pré-gravado para necessária realização online/EAD
    15/07/2024: Liberação de módulo pré-gravado para necessária realização online/EAD
    29/07/2024: Liberação de módulo pré-gravado para necessária realização online/EAD
    12/08/2024: Liberação de módulo pré-gravado para necessária realização online/EAD
    26/08/2024: Liberação de módulo pré-gravado para necessária realização online/EAD
    16/09/2024: Liberação de módulo pré-gravado para necessária realização online/EAD
    07/10/2024: Liberação de módulo pré-gravado para necessária realização online/EAD
    28/10/2024: Liberação de módulo pré-gravado para necessária realização online/EAD
    18/11/2024: Liberação de módulo pré-gravado para necessária realização online/EAD
    02/12/2024: Liberação de módulo pré-gravado para necessária realização online/EAD
    13/01/2025: Liberação de módulo pré-gravado para necessária realização online/EAD
    27/01/2025: Liberação de módulo pré-gravado para necessária realização online/EAD
    10/02/2025: Liberação de módulo pré-gravado para necessária realização online/EAD
    03/03/2025: Liberação de módulo pré-gravado para necessária realização online/EAD
    17/03/2025: Liberação de módulo pré-gravado para necessária realização online/EAD
    31/03/2025: Liberação de módulo pré-gravado para necessária realização online/EAD
    21/04/2025: Liberação de módulo pré-gravado para necessária realização online/EAD
  • Documentos necessários

    Após a assinatura do contrato, o aluno deverá, via Portal do Aluno, fazer o upload dos seguintes documentos:
    - uma cópia do diploma de graduação em medicina (frente e verso);
    - uma cópia do documento de identificação que conste o número do CPF;
    - uma cópia do comprovante de endereço de residência com data de emissão de, no máximo, de 3 meses (por exemplo: conta do celular, água ou luz).
  • Certificação

    O curso é ministrado e certificado ("chancelado") pela própria Faculdade Cenbrap, instituição de ensino superior credenciada no Ministério da Educação (MEC) por força da Portaria MEC/GM n. 918/2018 (publicada no Diário Oficial da União dia 10/09/2018).
  • Perguntas frequentes

    Como faço para garantir minha FREQUÊNCIA em cada um dos 18 módulos da Pós-Graduação?

    ETAPA 1: No “Portal do Aluno”, dentro de “CRONOGRAMA - NOTAS - FREQUÊNCIAS - MATERIAIS & CONTEÚDOS”, clique no número do módulo disponível a ser realizado, e depois em "Aula Pré-Gravada". Após isso, assista todos os vídeos (normalmente distribuídos em partes) e faça todas as questões que sucedem cada um dos vídeos. 

    ETAPA 2: Em seguida, no mesmo ambiente, clique em “Atividade Complementar”, faça a leitura do(s) material(is) disponibilizado(s) e, em seguida, resolva todas as questões propostas.  

    ETAPA 3: No “Portal do Aluno”, dentro do respectivo módulo, clique no botão “Online e Ao vivo”, assista ao vivo ou de forma gravada (no dia seguinte da transmissão realizada) todos as aulas online e ao vivo de terça e quinta, agendadas para o respectivo módulo.

    Concluídas essas três etapas, você já terá garantido 100% de frequência, condição indispensável para aprovação no respectivo módulo.

    Qualquer dúvida, ente em contato pelo whatsapp: 0800-945-2500.

    As aulas às terças e quintas (ao vivo) são obrigatórias?

    Às terças e quintas, de 19h às 20h30 (horário de Brasília) ocorrem aulas com discussão de casos, além de conteúdos atuais e práticos. Obs.: essas aulas são obrigatórias, mas ficam gravadas no Portal do Aluno e podem ser assistidas em outro momento.

    O que essa pós-graduação em Psiquiatria da Infância e Adoescência pode me proporcionar?

    Entre outras coisas, nosso curso de pós-graduação em Psiquiatria em Psiquiatria da Infância e Adolescência EAD, reconhecido pelo MEC, pode lhe proporcionar:

    - educação médica continuada de qualidade através de aulas ministradas por renomados professores, das melhores universidades;
    - aprendizado sólido para identificação e tratamento dos transtornos mentais mais prevalentes entre crianças e adolescentes;
    - discussão de casos clínicos reais, trazidos tanto por professores quanto por alunos;
    - prática profissional mais eficaz e segura, seja em clínicas/hospitais, CAPSi etc.
    - preparação para prova de área de atuação em Psiquiatria da Infância e Adolescência, nos termos dos editais confeccionados pela ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria);
    - preparação para concursos públicos relacionados à Psiquiatria da Infância e Adolescência, nos termos dos respectivos editais;
    - progressão de cargos e vencimentos em serviços públicos e privados;
    - troca de experiências com médicos de várias regiões do país;
    - aprendizado sobre questões necessárias e pouco exploradas nas escolas médicas, tais como: "como começar atuar na área", "como montar a própria clínica", planejamento financeiro, gerenciamento de redes sociais etc.;
    - obediência ao Código de Ética Médica quando determina "Compete ao médico aprimorar continuamente seus conhecimentos e usar o melhor do progresso científico em benefício do paciente e da sociedade" (página 15).

    Obs.: não há necessidade de realizar o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), conforme possibilidade dada pela Resolução MEC/CNE/CES n. 01/2018.

    Quando o médico pode começar exercer atividades de Psiquiatria da Infância e Adolescência, conforme CFM (Conselho Federal de Medicina)?

    Desde o momento em que esteja inscrito como médico em algum CRM.

    Justificativas:
     
    Lei Federal n. 3.268/1957, Art . 17: “Os médicos só poderão exercer legalmente a medicina, em qualquer de seus ramos ou especialidades, após o prévio registro de seus títulos, diplomas, certificados ou cartas no Ministério da Educação e Cultura e de sua inscrição no Conselho Regional de Medicina, sob cuja jurisdição se achar o local de sua atividade.”
     
    Parecer CFM n. 21/2010: “O médico devidamente inscrito no Conselho Regional de Medicina está apto ao exercício legal da medicina, em qualquer de seus ramos; no entanto, só é lícito o anúncio de especialidade médica àquele que registrou seu titulo de especialista no Conselho.”
     
    Parecer CFM n. 09/2016: "O médico devidamente registrado no Conselho Regional de Medicina (CRM) da jurisdição na qual atua está apto a exercer a profissão em toda sua plenitude, sendo impedido apenas de anunciar especialidade sem o registro do respectivo título no CRM."

    Qual o valor do curso? Quanto tempo ele dura? Qual a frequência e horários das aulas? É presencial?

    INVESTIMENTO:
    - valor da taxa de matrícula:
    R$ 390,00 
    - Número de parcelas e valores:
    15 x R$ 990,00 (sendo a primeira parcela com vencimento 8 dias após o pagamento confirmado da taxa de matrícula e, a partir de então, nos mesmos dias dos meses seguintes).

    DURAÇÃO DO CURSO / FREQUÊNCIA DAS AULAS:
    - Duração: 12 meses.
    - São 18 módulos liberados, em média, a cada 3 semanas. 
    - Às terças e quintas, de 19h às 20h30 (horário de Brasília) ocorrem aulas com discussão de casos, além de conteúdos atuais e práticos. Obs.: Essas aulas integram a grade curricular e a carga horária do curso. Elas ficam gravadas e disponíveis no Portal do Aluno. Caso o(a) aluno(a) não possa acompanhá-las "ao vivo", essas aulas podem (e devem!) ser assistidas no momento que for mais conveniente ao(à) aluno(a).
    - O curso pode ser feito de forma 100% online/EAD.

    Quais os pré-requisitos para a realização da Prova de Área de Atuação em Psiquiatria da Infância e Adolescência?

    Nos termos do último edital, existem duas possibilidades:

    POSSIBILIDADE 1:
    - Ter o Título de Especialista em Psiquiatria (ABP/AMB) ou Certificado de Conclusão de Residência Médica em Psiquiatria (CNRM/MEC) +
    - Comprovação de 2 anos de exercício profissional em Psiquiatria da Infância e Adolescência, nos termos do respectivo edital.

    POSSIBILIDADE 2:
    - Ter o Título de Especialista em Psiquiatria (ABP/AMB) ou Certificado de Conclusão de Residência Médica em Psiquiatria (CNRM/MEC) +
    - Ter certificado de conclusão de Residência Médica (R4), reconhecido pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM/MEC), com a prática de opção na área da Psiquiatria da Infância e Adolescência.

    Formei no exterior e meu diploma ainda foi não convalidado (revalidado) no Brasil. Posso fazer o curso?

    Infelizmente, não. O diploma de graduação, com validade em todo território brasileiro, é pré-requisito necessário para realização de todos os cursos de Pós-Graduação da Faculdade CENBRAP, nos termos do artigo 1, parágrafo 1, da Resolução MEC/CNE/CES n. 01/2018, independente de outras possíveis exigências previstas nos Projetos Pedagógicos dos respectivos cursos. Tal exigência também está amparada na Resolução n. 64/2019 emitida pelo Conselho Superior da Faculdade CENBRAP. 

    Vale lembrar que os cursos de Pós-Graduação oferecidos pela Faculdade CENBRAP não se enquadram na Resolução CFM n. 2.216/2018 por apresentarem formatos diversos daqueles exigidos no artigo 5 da respectiva norma, e, portanto, não estão abertos aos cidadãos estrangeiros detentores de visto temporário que venham ao Brasil na condição de estudante, nem aos brasileiros com diploma de medicina obtido em faculdades no exterior, porém não revalidado.

    Dúvidas sobre a revalidação de diplomas estrangeiros podem ser sanadas pelo site do MEC: 
    http://portal.mec.gov.br/revalidacao-de-diplomas.


    Qual instituição "chancela" (certifica) esse curso?

    O curso é ministrado e certificado ("chancelado") pela própria Faculdade Cenbrap, instituição de ensino superior credenciada no Ministério da Educação (MEC) por força da Portaria MEC/GM n. 918/2018 (publicada no Diário Oficial da União dia 10/09/2018).

    Esse curso de pós-graduação em Psiquiatria da Infância e Adolescência é reconhecido pelo MEC?

    Sim. O curso está em sintonia com a Resolução n. 01 de 06/04/2018 do MEC/CNE/CES. Importante ressaltar que somente ao MEC compete legislar sobre a legalidade de qualquer pós-graduação existente no Brasil.

    O CFM é contra os cursos médicos de pós-graduação lato sensu?

    Não. Ao contrário! O próprio Código de Ética Médica de 2018 (Resolução CFM n. 2.217/2018) é taxativo, em seu quinto princípio fundamental, ao afirmar: "Compete ao médico aprimorar continuamente seus conhecimentos e usar o melhor do progresso científico em benefício do paciente e da sociedade."

    Tanto o CFM quanto a AMB incentivam de forma contundente a educação médica continuada. Por isso, várias de nossas aulas já foram pontuadas pela Comissão Nacional de Acreditação (CNA) da Associação Médica Brasileira (AMB). 

    Nosso curso de pós-graduação em Psiquiatria da Infância e Adolescência se apresenta como um qualificado instrumento de educação médica continuada, especialmente pelo elevadíssimo nível do corpo docente que possui. O que o CFM acertadamente condena é a publicidade médica que não obedece a Resolução 2.336/2023, e não os cursos médicos de pós-graduação lato sensu. Tais cursos, desde que tenham qualidade de conteúdo, sendo formas de educação médica continuada, continuarão a ser incentivados.

    E quanto aos concursos?

    Dependerá do Edital do concurso.

    Ainda tenho algumas dúvidas. Como faço?

    Consulte-nos pelo fone/whatsapp 0800-945-2500; ou pelo e-mail contato@cenbrap.edu.br. Teremos imenso prazer em atendê-lo(a).